Tuesday, 16 October 2007

Nas obras abrem-se mines com tudo menos a esponja... calhando, a esponja congelada também dá...

E o resultado final é...

maravilha!!

5 comments:

Krugul said...

Está muito boa esta sucessão de videos. Estou aqui no trabalho a ver estas imagens e já estou a salivar..que minis tão fresquinhas...que néctar maravilhoso brota destas garrafas! Enfim, a vida sem estes momentos de convívio não tinha graça nenhuma..grande abraço

p.s. recomendo muito a visita aos blogs do fuzhon (é assim que se escreve?) e do joão esquecido. fartei-me de rir sozinho a lêr os posts que se encontram por lá.

Fuzhong! said...

Lindo! As coisas que aprendo com os meus amigos ribatejanos. Só não mostraram os dedos do 3st3v3s a saltar com o facalhão...

Eu agora que eu ando na onda dos cursos e workshops, propunha um curso prático e intensivo de abrir (e beber) mines num futuro próximo.

kuyzat (aka: rui cabanita) said...

grande ideia fuz! I Congresso Nacional da Mine em Santarém!

Krugul said...

Está combinado! Vamos tratar de organizar isso. Desculpa lá Fuz, mas escrevi mal o teu nick name da outra vez. Fuzhong, assim é que é!
Já agora, alguém sabe porque é que se diz nick name?

kuyzat (aka: rui cabanita) said...

a wikipedia ensina tudo...

http://en.wikipedia.org/wiki/Nickname